Qual o seu plano? Como você pretende chegar a sua meta?

Existem muitas formas de dizer a mesma coisa. Para toda mensagem, podemos apresentar uma infinidade de abordagens. Para o próprio texto que estou escrevendo neste exato momento é a mesma coisa.

É muito comum encontrarmos profissionais, mentores, gurus, líderes, livros, planilhas, apps, etc., dizendo que você deve estabelecer metas. Sim! Metas são importantes, mas você precisa saber como chegar lá!

Ter um plano de comunicação para sua marca é imprescindível se você tem metas e quer atingi-las. O plano lhe dará da rotina à métrica, da padronização à inspiração. Enquanto a rigidez do plano te ajudar, você o mantêm, quando te atrapalhar, replaneja. Mas a meta como guia e o plano como diretriz.

O mais interessante sobre os planos é que por serem caminhos possíveis, ninguém terá um plano igual ao outro, nem existe um plano mais certo que outro. Eventualmente, alguns caminhos são mais efetivos, ou geram resultados mais rápido, mas, lembre-se que o plano do outro funcionou para o outro, e o que funcionará para você terá que ter a sua cara.

Assim chegamos na meta deste texto. A conclusão que eu planejei ao sentar na frente do computador.

Ao elaborar um plano de comunicação para atender a sua meta, temos que lembrar de sermos autênticos. Ou seja, dar a identidade de sua marca, produto e/ou serviço, de maneira que represente algo que o seu cliente possa reconhecer como verdadeiro.

Quando um plano de comunicação conversa com a identidade real da marca, o cliente não apenas se relaciona, mas se identifica. Se você e os seus colaboradores se comunicam da mesma forma, seu cliente vê coesão e confiabilidade.

Você quer atingir suas metas? Faça planos. E se for fazer um plano de comunicação, fale com a gente!

Leia mais: